Visitas Médicas Realizadas

Linha do Tempo

Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten

Transtorno Cognitivo infantil

Problemas cognitivos em crianças, tais como hiperatividade, desatenção, impulsividade, ansiedade, dificuldade de aprendizado e interação social, TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade), depressão, transtorno bipolar do humor ou uso de substâncias psicoativas, são muitas vezes negligenciados e se não devidamente tratados trarão problemas graves na vida adulta.

Hoje, tais características são uns dos motivos mais frequentes nas consultas ao Pediatra. Falta de tempo dos familiares e o excesso de opções e atividades no dia a dia das crianças podem ser apontadas como causas.¹

Estudos nacionais e internacionais que utilizam os critérios do DSM-IV relatam prevalência de 3 a 7% em crianças em idade escolar, com maior frequência para o sexo masculino de TDAH.¹ Estudos brasileiros mostram prevalências de TDAH variando entre os 5 a 17% da população. Essas taxas oscilam devido às variações amostrais, quanto à idade e procedência, e pelos diferentes métodos avaliativos adotados.¹

A Academia Americana de Pediatria recomenda que o pediatra seja o responsável por monitorar a evolução do tratamento e sugerir alterações, em conjunto com os envolvidos, se necessárias. ²

Referências
Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita

Suplementação específica

A necessidade de personalizar a nutrição tem contribuído para que a ciência nutricional se expanda para atender às peculiaridades e necessidades específicas de mulheres, homens e crianças. Os requerimentos nutricionais podem ser diferentes em pessoas de mesma idade, mas submetidas a diferentes situações de saúde ou estresse. Por exemplo, as necessidades nutricionais de mulheres em idade fértil divergem entre as não grávidas e as gestantes. ¹

A gestante, em especial, necessita de maiores cuidados quanto à sua alimentação, já que, na fase gestacional, ocorre um aumento significativo de necessidades energéticas e nutricionais capazes de suprir as necessidades tanto da mãe quanto do feto. A ingestão inadequada e insuficiente de determinados micronutrientes pode contribuir para que a gestante tenha um aporte nutricional deficitário, sendo importante a orientação com relação à suplementação nutricional para evitar possíveis prejuízos ao desenvolvimento do feto e à saúde de ambos. ¹

Da mesma forma, pacientes submetidos à cirurgia bariátrica desenvolvem complicações nutricionais, como deficiência de macro e/ou micronutrientes. ²

Referências
Precol Precol Precol Precol Precol Precol Precol Precol Precol Precol Precol

Cólica Infantil

Na primeira infância, vários sintomas gastrointestinais como prisão de ventre, regurgitação, choro/irritação, excesso de gases e cólica infantil são problemas comuns que podem resultar em numerosas visitas ao consultório médico, sendo a última, a mais prevalente.¹

A causa da cólica infantil continua em conflito, mas alguns autores favorecem a produção excessiva de gás colônico como fator etiológico importante. As observações clínicas da distensão abdominal com o choro paroxístico aliviado pela passagem de flatos apoiam esta teoria. A intolerância transitória à lactose é a causa mais provável de gás colônico excessivo.²

Desta forma, combinar ingredientes como enzimas digestivas dentro de suas características pode ser uma forma efetiva para aliviar os problemas gastrointestinais prevalecentes, sendo uma opção interessante e promissora para substanciar os benefícios almejados.¹,³

Referências