Visitas Médicas Realizadas

Linha do Tempo

Septam Septam Septam Septam Septam

Infecções Resistentes

A resistência de infecções a antibióticos é um fato crescente nos últimos anos e que vem se tornando um grave problema de saúde pública. Em 2017, a Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou que a resistência a antibióticos é um dos principais problemas de saúde mundial. Em diversas situações, como em pneumonias, tuberculose e gonorreia, os antibióticos atualmente disponíveis têm produzido eficácia progressivamente menor em função da elevação da resistência.

Em virtude da maior dificuldade de se tratar tais bactérias resistentes, a presença de resistência antimicrobiana prolonga o tempo de internação, eleva os custos de tratamento e, ainda mais grave, aumenta consideravelmente a mortalidade relacionada às doenças infecciosas, podendo levar inclusive à sepse.

Além do risco de lidarmos em um futuro breve com infecções de difícil controle, que outrora eram triviais, o uso inadequado de antibióticos está associado a outros problemas, como o risco de efeitos colaterais e o aumento considerável de custo de tratamento ao sistema de saúde, seja público ou privado.

Referências
Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten Deaten

Transtorno Cognitivo infantil

Problemas cognitivos em crianças, tais como hiperatividade, desatenção, impulsividade, ansiedade, dificuldade de aprendizado e interação social, TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade), depressão, transtorno bipolar do humor ou uso de substâncias psicoativas, são muitas vezes negligenciados e se não devidamente tratados trarão problemas graves na vida adulta.

Hoje, tais características são uns dos motivos mais frequentes nas consultas ao Pediatra. Falta de tempo dos familiares e o excesso de opções e atividades no dia a dia das crianças podem ser apontadas como causas.¹

Estudos nacionais e internacionais que utilizam os critérios do DSM-IV relatam prevalência de 3 a 7% em crianças em idade escolar, com maior frequência para o sexo masculino de TDAH.¹ Estudos brasileiros mostram prevalências de TDAH variando entre os 5 a 17% da população. Essas taxas oscilam devido às variações amostrais, quanto à idade e procedência, e pelos diferentes métodos avaliativos adotados.¹

A Academia Americana de Pediatria recomenda que o pediatra seja o responsável por monitorar a evolução do tratamento e sugerir alterações, em conjunto com os envolvidos, se necessárias. ²

Referências
Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita Zirvit Vita

Suplementação específica

A necessidade de personalizar a nutrição tem contribuído para que a ciência nutricional se expanda para atender às peculiaridades e necessidades específicas de mulheres, homens e crianças. Os requerimentos nutricionais podem ser diferentes em pessoas de mesma idade, mas submetidas a diferentes situações de saúde ou estresse. Por exemplo, as necessidades nutricionais de mulheres em idade fértil divergem entre as não grávidas e as gestantes. ¹

A gestante, em especial, necessita de maiores cuidados quanto à sua alimentação, já que, na fase gestacional, ocorre um aumento significativo de necessidades energéticas e nutricionais capazes de suprir as necessidades tanto da mãe quanto do feto. A ingestão inadequada e insuficiente de determinados micronutrientes pode contribuir para que a gestante tenha um aporte nutricional deficitário, sendo importante a orientação com relação à suplementação nutricional para evitar possíveis prejuízos ao desenvolvimento do feto e à saúde de ambos. ¹

Da mesma forma, pacientes submetidos à cirurgia bariátrica desenvolvem complicações nutricionais, como deficiência de macro e/ou micronutrientes. ²

Referências